000861/2009 - Perfeitas Mulheres - Ações de Extensão - FHO | Fundação Hermínio Ometto
Ações de Extensão - 000861/2009 - Perfeitas Mulheres
Objetivo

Reintegrar a mulher com deficiência, resgatando e preservando sua feminilidade.

Análise

Segundo o censo Demográfico do IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – de 2000, existem 61,5 milhões de mulheres no Brasil, sendo que 11.300.000 possuem algum tipo de deficiência. No total, há 25 milhões de brasileiros com deficiência, dos quais 46% são mulheres – índice que podemos considerar bastante significativo. Sabemos que é grande e crescente, o número de mulheres acometidas por alguma patologia ou trauma que acarrete em um quadro de deficiência, especialmente com o aumento da violência urbana. Tal situação é ainda agravada pelos diferentes tipos de discriminação e violência que acometem a mulher. N a mulher com deficiência é ainda pior uma vez que ela é vista como alguém mais vulnerável e incapaz de se defender e garantir os seus direitos. A mulher com deficiência sofre estatisticamente: maior abuso sexual, maior incidência de DSTs, e maior violência física. Sofre com a perda de sua sensualidade e sexualidade, resultando não raramente em abandono pelo parceiro. Na tentativa de reconstruir uma vida afetiva e de sentir novamente atraente, muitas vezes estas mulheres acabam envolvendo-se em relacionamentos questionáveis, que não raramente estão apoiados em sociedades que as “valorizam” como mero fetiche. Sua exclusão social é tão acentuada que lhes fecha quase todas as possibilidades de se inserir no mercado de trabalho. No geral, sua discriminação e infantilização são maiores do que as sofridas pelos homens. Fecha-se então, sobre o tema da deficiência um estigma social, que se reflete também no plano da sexualidade. Acredita-se que a mulher com deficiência não tem sexualidade – geralmente ela é vista de forma infantilizada, a ser protegida e cuidada, ou como assexuada.

Ações

Através da criação de um grupo voltado só para mulheres, será criado um ambiente onde estas possam discutir e se permitir entender dentro de um contesto social. Com o respaldo de diversos profissionais se propiciará a autonomia deste grupo visando o resgate da feminilidade e sociabilidade destas mulheres. O método envolve reuniões, palestras, discussões, criação de oficinas e respaldo de profissionais. As atuações começarão com períodos de uma hora e com encontros semanais. O verdadeiro desenrolar do grupo se dará pelas próprias integrantes.

Dados gerais

Responsável: Igor Esteban Umanzor Ordenes

E-mail do Responsável: igorordenes@uniararas.br

E-mail do Contato: plumy@uniararas.br

Início do Projeto: 02/02/2009

Fim do Projeto: 10/12/2009

Periodicidade: ANUAL

Tipo do Projeto: PROG. ATEND. À COMUNIDADE - CLÍNICA DE FISIOTERAPIA

Tipo da Ação: PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS

Área Temática: DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA

Linha de Extensão: PESSOAS COM DEFICIÊNCIAS, INCAPACIDADES, E NECESSIDADES ESPECIAIS

Professores Envolvidos

Cristina da Cruz Franchini

Igor Esteban Umanzor Ordenes

Alunos Envolvidos

Bruna Cristiane Cavenaghi

Jaqueline Sanvido Lanza

William Rodrigo Gardiano Da Silva

Acompanhe nas Redes Sociais

Com quem você deseja falar?

Fundação Hermínio Ometto

Av. Dr. Maximiliano Baruto, 500

Jd. Universitário | Araras - SP

CEP: 13607-339

(19) 3543-1400

Clima em Araras

Quarta-feira
25°C
14°C
Chuva: 0 % (0 mm)

Como Chegar