Área Restrita

Segunda-Feira, 17 de Julho de 2017
FHO|Uniararas no evento Destaques do Maio Amarelo, em São Paulo

No dia 29 de junho, aconteceu em São Paulo a cerimônia de encerramento do Movimento Maio Amarelo 2017. Promovido pelo Observatório Nacional de Segurança Viária (ONSV), o evento homenageou os destaques deste ano e os parceiros do Movimento, além de premiar os vencedores do Desafio de Publicidade e o Concurso Fotográfico.


Representando a FHO|Uniararas, estiveram presentes o professor do curso de Enfermagem e Diretor da Liga de Traumatologia e Emergência (LTE/GEFE), Prof. Me. Antonio Francisco Peripato; e a Coordenadora de Comunidade e Extensão, Profª Ma. Cristina da Cruz Franchini. Este foi o primeiro ano em que a Instituição aderiu ao Movimento, e os resultados foram muito positivos. As ações de mobilização realizadas no campus, nas salas de aula e nas redes sociais, chamaram a atenção de toda a comunidade acadêmica, e serão ampliadas no próximo ano.


O Movimento Maio Amarelo foi criado pelo ONSV há quatro anos com o objetivo de levar à sociedade a conscientização sobre a necessidade de redução do número de mortes e feridos graves no trânsito do Brasil e do mundo. Durante todo o mês, mais de 4 mil ações em todo o país passaram a mensagem do movimento para a população, promovidas por empresas públicas e privadas.


Com informações do Observatório Nacional de Segurança Viária


Movimento Maio Amarelo mobilizou a comunidade acadêmica


Durante o mês de maio, uma grande mobilização pelo Movimento Maio Amarelo foi realizada pela Coordenadoria de Comunidade e Extensão da FHO|Uniararas por meio da CoPreL - Comissão de Prevenção e Lesões da Liga de Traumatologia e Emergência (LTE/GEFE), em parceria com a CIPA - Comissão Interna de Prevenção de Acidentes, com o intuito de envolver a comunidade acadêmica - professores, funcionários e alunos - em ações sociais multiplicadoras voltadas à conscientização e orientação de motoristas e pedestres, visando um trânsito mais seguro. O Movimento Maio Amarelo tem como objetivo chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortos e feridos no trânsito, em todo o mundo, e conta com o apoio de mais de 30 países.


No dia 30, alunos, professores e funcionários da FHO|Uniararas se vestiram de amarelo, como símbolo de apoio ao Movimento, e participaram das simulações e palestras realizadas durante o dia. Nos horários de chegada dos alunos ao campus, orientações de trânsito foram realizadas junto aos condutores de carros, motos, vans e ônibus, bem como os pedestres, com a distribuição de folhetos informativos.


Três palestras, realizadas no período da tarde, também abordaram o assunto: "Prevenção de Lesões no Trânsito", com a arquiteta e urbanista do Departamento Municipal de Trânsito, Manuela Moreira Correa; "Prevenção de Lesões de Trânsito - Um Olhar do SAMU", com o coordenador de Enfermagem do SAMU de Pirassununga, Francisco Paulo Souza; e "Educação para Prevenção", com o Cabo PM do Corpo de Bombeiros de Araras, Marcio André Donizette da Silva.


O destaque do dia foi a simulação de um acidente de trânsito envolvendo vítimas, que chamou a atenção de toda a comunidade, nos períodos matutino e noturno. A ação foi organizada pela Liga de Traumatologia e Emergência (LTE/GEFE) da FHO|Uniararas, com a participação dos integrantes do SAMU de Rio Claro, Lílian Strabeli de Moraes, Silveli Pazetto, Dorivete Gomes, Alessandro Celio Naideg e Edinei Aparecido de Jesus.

Indicar esta notícia
Versão para impressão Comunicar erros
Prêmios
  • Parcerias
  • UNIARARAS - Fundação Hermínio Ometto - Av. Dr. Maximiliano Baruto, 500 - Jd. Universitário | Araras - SP - CEP: 13607-339 - Tel: (19) 3543-1400
    © 2012 - Fundação Hermínio Ometto - CETEC - Todos os direitos reservados / © 2005-2012